Posts Tagged ‘ bagageiro ’

Bagageiro dianteiro DIY

De uns tempos pra cá, venho pensando na possibilidade de utilizar um bagageiro dianteiro na bike como uma forma de distribuir melhor a bagagem, além de liberar espaço no alforge traseiro, passando itens volumosos, como sacos de dormir, para a frente. Pretendo fazer uma cicloviagem de uns 5 dias nas próximas semanas e analisando o alforge que possuo (34 litros), e tendo em vista que irei acampar todos os dias, vi que teria problemas com espaço na bike, ou melhor, a falta dele.

Nesse sentido, um bagageiro dianteiro se mostrou uma boa alternativa versus a compra de um novo alforge. Mas, qual modelo escolher?

Nas pesquisas que fiz pela net, encontrei diversos modelos. Infelizmente, a maioria deles não é vendido no Brasil. Mas existem algumas opções e os modelos que mais encontrei para venda foram:

Ostand modelo CD-241

Ostand modelo CD-241

img_phpOChvdg

Ostand modelo CD-220

Como a bike que uso para cicloturismo possui furação para v-brake, fiquei tentado a comprar o modelo CD-220, mas… a gambiarra falou mais alto!

Num certo dia, pedalando por ai, avistei um senhor que apanhava materiais reciclados na rua e o que me chamou a atenção era que ele carregava um bagageiro consigo. Era o que precisava. Acho que aquele senhor nunca viu alguém tão interessado em algo aparentemente inútil. Comprei o bagageiro e já começei a pensar em como iria instalá-lo.

O bagageiro estava com uma de suas astes danificadas, mas como o projeto era utilizar somente algumas partes, isso não foi problema.

O modelo utilizado era semelhante a essa da imagem abaixo, porém, ao invés das tubulações serem fixas, eram presas por parafusos allen, o que facilitou na hora de adaptar para a magrela.

bagageiro-traseiro-topeak-explorer-tubular-para-freio-a-disco-_1165

As fotos abaixo são bem auto-explicativas, mas qualquer dúvida, é só postar nos comentários.

Lembrando que há diversos projetos de bagageiros dianteiros pela web e inclusive alguns serviram de inspiração para este. Vale uma pesquisada antes para ver qual projeto se adapta melhor a você e sua bike.

Ainda preciso fazer alguns ajustes e um teste de uso para ver como ele se comporta com carga.

IMG01251

Visão geral do bagageiro instalado.

Detalhe da fixação no garfo. Utilizei um parafuso com uma arruela soldada a ele.

Detalhe da fixação no garfo. Utilizei um parafuso com uma arruela soldada a ele.

Detalhe da fixação no garfo. A peça braca em "L" é parte de uma "mão francesa" para prateleira, cortada e furada.

Detalhe da fixação no garfo. A peça branca em “L” é parte de uma “mão francesa” para prateleira, cortada e furada.

Detalhe dos parafusos que fazem parte da sustentação do bagageiro

Detalhe dos parafusos que fazem parte da sustentação do bagageiro

 

Mudança…

…nível EXTREME!!!

Via Vortex

Suporte para bagageiro DIY

Essa alternativa surgiu como solução de um grande problema: Estabilizar e dar mais sustentação a um bagageiro flutuante.

O bagageiro flutuante em questão…

Quem já usou ou usa esse tipo de bagageiro na bike, salvo algum modelo que desconheço, sempre terá alguns incômodos, seja na hora de fixar suas tralhas, transportar grandes volumes ou tentar carregar algo próximo do peso máximo suportado. O bagageiro samba, vai pra um lado e pro outro e não há santo que o deixe no lugar.

Se você olha o lado prático da vida e não tanto o visual, tá ai uma alternativa (vulgo gambiarra)!

Materiais:

-2 barras de alumínio (estas que utilizei possuem aprox. 2cm de largura por 0,2mm de espessura);

-2 chapinhas de aço (utilizei de aço galvanizado, se encontrar de inox, é melhor ainda!);

-4 parafusos com porcas, medindo aprox. 1cm de comprimento;

-Tinta spray para acabamento, se quiser.

Ferramentas:

-Serra manual;

-Trena;

-Furadeira com broca na espessura dos parafusos;

-Lixa grossa para acabamento.

Custos:

-2 barras de alumínio = R$ 5 (na verdade isso foi um café para o cara que me arranjou, pois é material de descarte em serralherias);

-4 parafusos = R$ 0,80;

-2 chapinhas de aço = “doação”.

1º – Materiais necessários. Note que as chapinhas de aço já foram moldadas no formato da tubulação do quadro. Elas são finas, sendo possível fazer manualmente a dobra.

2º – Medindo o comprimento ideal das barras de alumínio e a posição onde serão parafusadas.

3º – Cortadas as barras, marquei onde seriam fixadas as abraçadeiras no quadro.

4º – Marcando a posição onde serão parafusadas as abraçadeiras.

5º – Abraçadeiras devidamente parafusadas.

6º – Abraçadeiras fixadas. Marcação de onde serão feitos os furos para fixar as barras ao bagageiro.

7º – Barras parafusadas ao bagageiro. Optei por encaixa-las pela parte de dentro.

8º – Suporte pronto!

Como acabamento final, usei um spray preto fosco.

%d bloggers like this: